Quais os melhores processadores para Gaming

Já se perdeu a conta à quantidade de vez que se discutiu se determinado processador A é melhor que o B porque é mais caro, ou tem mais frequência, ou porque a caixa é mais bonita etc. Mas será que há assim tantas diferenças no que toca à nobre tarefa de correr um jogo?

Não quero ser desmancha prazeres, mas na realidade não há assim tantas diferenças (pelo menos a partir de um certo patamar).

Vejamos então os ditotes e boatos que mais se ouvem por aí:

“I7 não presta para jogar!”
“Um Dual Core numa placa de 200€?! Pfff isso vai fazer-te alto bottleneck nem 30FPS consegues no solitário!”
“Não devias ter comprado esse processador. Devias ter comprado a versão K!”
“Processador AMD e uma placa Nvidia? Mas tu és parvo?!”

Na realidade, estas pérolas estão (quase) sempre desfasadas da realidade. Há sempre uns pequenos pontos que as pessoas tendem a esquecer: primeiro, videojogos são aplicações que não beneficiam com Multi-Thread. Ou seja, ter vários núcleos e vários Threads pode não beneficiar tanto um jogo como ter menos núcleos mas mais rápidos; Segundo, dado o facto do API que as GPU utilizam (o mais conhecido é sem dúvida o DirectX) as atrasar largamente e não ser capaz de aproveitar todo o potencial do equipamento, neste momento a peça que fará bottleneck ao sistema em videojogos é sem dúvida a placa gráfica.

Não acreditam? Vejamos alguns resultados para tirar as dúvidas.

Image4

Processadores em análise

Para que a análise fosse o mais justa possível, foram escolhidos processadores AMD e Intel das suas linhas mais recentes (que no caso da AMD já remonta a alguns anos) que tivessem uma larga cota de mercado , capazes de representar o segmento baixo, médio e elevado.

CPU Cores Threads Frequência (GHz) Passmark Preço médio

Q1’15 (€)

Passmark/Preço
I7 4790K 4 8 4,0 ~ 4,4 11245 350 32,13
I7 4790 4 8 3,6 ~ 4,0 10081 320 31,50
I7 4770K 4 8 3,5 ~ 3,9 10216 370 27,61
I5 4670K 4 4 3,4 ~ 3,8 7670 230 33,35
I5 4460 4 4 3,2 ~ 3,4 6687 190 35,19
I3 4150 2 4 3,5 4931 120 41,09
G3220 2 2 3 3189 60 53,15
FX 8350 4 8 4 ~ 4,2 8983 180 49,91
FX 6350 3 6 3,9 ~ 4,2 6992 130 53,78
FX 4300 2 4 3,8 ~ 4,0 4685 80 58,56

Jogos escolhidos para benchmark

Foi escolhida uma lista de jogos representativa do que normalmente se é jogado. Foram deixados de fora títulos com CS:GO, Dota2, LOL ou Crysis 3 devido ao baixo ou elevado workload a que lhes está associado, e que iria desviar ainda mais da realidade. Na lista seguinte encontra-se então a lista de jogos escolhida bem como o tipo de processador exigido nos requisitos mínimos.

Jogo CPU Tipo
Watch Dogs Q8600/X4 940 Quad Core
Grid 2 E6600/X2 5400+ Dual Core
Total War: Rome II E4400/X2 4000+ Dual Core
Tomb Raider E6300/X2 4000+ Dual Core
Batman Arkham Origins E4600/X2 4800+ Dual Core
Metro 2033 Redux E4500/X2 5000+ Dual Core
Shadow of Mordor I5 750/X4 965 Quad Core

Placas Gráficas

Foram também escolhidos vários modelos de placas gráficas quer da AMD e da Nvidia, desde o segmento intermédio ao segmento premium, tendo-se deixado de fora o segmento baixo já que os modelos dessa categoria não são capazes de correr decentemente os jogos escolhidos.

GPU Segmento Dual GPU
R7 260X Intermédio N
R9 280X Intermédio/Alto N
R9 290X Alto N
R9 295X2 Premium Y
GTX 750ti Intermédio N
GTX 760 Intermédio/Alto N
GTX 780 Alto N
GTX 980 Alto N
Titan Z Premium Y

Resultados de Benchmark

A metodologia aplicada foi simples. Reuniu-se resultados do número de FPS médio nos jogos escolhidos em condições o mais semelhantes possível para diminuir a variabilidade inerente. De seguida foi determinado o número de FPS por € do CPU para que se tivesse uma noção do impacto monetário.

Nas figuras seguintes encontram-se representados os resultados obtidos.

WDgrid2TWR2TRBAOMRSMAnálise

Como se pode ver pelos resultados obtidos, o real impacto do CPU para gaming fica um pouco longe daquilo que se poderia estar à espera. Com exceção de alguns títulos que realmente beneficiam imenso com processadores Quad Core, a diferença entre usar um Dual Core ou Quad Core é bastante reduzida e só é realmente notória nas condições em que o bottleneck deixa de estar do lado da GPU, i.e. quando se está a usar uma GPU de gama alta/premium.

Mas vamos analisar mais em detalhe cada uma das frases apresentadas no início do artigo:

“I7 não presta para jogar!”

Os resultados ditam exatamente o contrário: I7 presta para jogar. Aliás, no que diz respeito a poder puro até é o melhor. O mais correto seria dizer: “Não existe nenhuma vantagem significativa no uso de I7 em Gaming já que outro processador menos potente e menos caro como um I5 ou FX 8xxx apresenta resultados semelhantes.

“Um Dual Core numa placa de 200€?! Pfff isso vai fazer-te alto bottleneck nem 30FPS consegues no solitário!”

60 FPS no Tomb Raider ou perto de 70 no Batman não parece ser propriamente um mau resultado para um processador apelidado de “Fraco”. No entanto quando se passa para algo mais exigente como o Metro 2033 ou Watch Dogs é perfeitamente compreensível que fique um pouco atrás comparando com os demais CPU em análise.

“Não devias ter comprado esse processador. Devias ter comprado a versão K!”

O veredito? Irrelevante. Em certos ensaios as versões K apresentam uma ligeira vantagem, noutros nem por isso. Não há uma tendência definida e latente por isso fica ao critério de cada jogador. No entanto há que não esquecer que as versões K normalmente vêm com frequências superiores às versões não-K.

“Processador AMD e uma placa Nvidia? Mas tu és parvo?!”

Para esta frase temos uma tabela especial:

Combinações
Jogo AMD + AMD Intel + AMD AMD + Nvidia Intel + Nvidia
Watch Dogs 58,31 62,94 50,44 52,22
Grid 2 53,46 66,73 77,93 79,03
Total War: Rome II 59,66 77,45 66,22 76,57
Tomb Raider 77,08 79,41 75,62 76,50
Batman Arkham Origins 83,88 89,88 84,19 87,15
Metro 2033 Redux —– —– 44,65 48,32
Shadow of Mordor —– —– 72,53 92,67
Média 66,5 75,3 67,4 73,2
11,7% 8,0%

Repararam que não há grande diferença entre usar AMD ou Nvidia mantendo-se o mesmo processador? No entanto quando comparamos resultados entre Intel e AMD verifica-se que os CPU da Intel apresentam um melhor desempenho que os AMD. Voltamos a relembrar que a AMD já não lança uma linha de CPU nova há algum tempo e não é possível quantificar esse efeito neste ensaio.

Conclusões finais

Os resultados mostraram que não há assim tantas diferenças entre os vários processadores em análise, no entanto alguns destacaram-se mais que outros. Se estivermos apenas a considerar performance pura em videojogos a escolha recai num I7 sem margem de dúvida.

Se estivermos apenas preocupados com a eficiência monetária, ou seja a potência em função do preço, então os processadores mais baratos e menos potentes são a melhor escolha. Mas há um senão: e se estivermos interessados em ter poder de computação para fazer outras tarefas? Aí é garantido que os Dual Core não vão estar à altura.

Qual a melhor escolha então? Entre um I5 4xxx ou um FX 8xxx depende das preferências pessoais. Estes processadores conseguem combinar perfeitamente um bom poder a um custo mais balanceado, e se quisermos considerar outros aspectos como o desempenho térmico, facilidade de upgrade e longevidade da linha, então o I5 tomará a dianteira.

Image8Independentemente da escolha de cada um lembrem-se sempre: o GPU é o mais importante para jogos, mas é preciso ter um CPU que o acompanhe.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s